15 de fevereiro de 2010

#DicaMusical - Vossa Excelência

A comédia nasce naturalmente nas situações cotidianas, como por exemplo ver nossos honrados legisladores insultando uns aos outros, mas ao contrário dos programas de auditório da tarde em que as brigas devem (sim, devem) ser conduzidas com desrespeito pelo próximo, em nossa casa nobre, o Senado, todos se insultam com o devido respeito:

- Vossa Excelência está inventando isso. É mentira! Uma calúnia! - gritou Simon.
- Não estou inventando nada ! Não vou bater boca com Vossa Excelência! Mas me diga, por que é que quer que Sarney saia? É por causa do neto? - insistiu Renan.

- As palavras que o senhor acabou de pronunciar são palavras que em relação a mim e a minhas relações políticas, eu não aceito. E são palavras que eu quero que o senhor as engula. E as digira como julgar conveniente.
(...)
O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) foi um dos que saíram em em defesa de Simon.
- Eu agora quero apelar ao senhor para que não engula nada. A sua credibilidade neste país é porque o senhor não engole. O senhor diz, o senhor fala, o senhor acusa. O senhor tem que se manter esse senador, Pedro Simon, que quando quiser alguma ele diz, sem engolir nada.

É incrível o respeito que eles tem um ao outro! E talvez mais impressionante seja como os assuntos podem parecer qualquer coisa... As afirmações do Collor e Buarque poderiam estar em qualquer programa matutino de culinária ou em algum reality show no pós horário "nobre".

Em homenagem aos nossos ministros, magistrados, deputados, vereadores, legisladores, executivos e secretários, TITÃS:


Estão nas mangas dos Senhores Ministros
Nas capas dos Senhores Magistrados
Nas golas dos Senhores Deputados
Nos fundilhos dos Senhores Vereadores
Nas perucas dos Senhores Senadores...

Senhores! Senhores! Senhores! Minha Senhora! Senhores! Senhores!

Filha da Puta! Bandido! Corrupto! Ladrão! Senhores!
Filha da Puta! Bandido! Senhores! Corrupto! Ladrão!...


Sorrindo para a câmera, Sem saber que estamos vendo
Chorando que dá pena, Quando sabem que estão em cena
Sorrindo para as câmeras, Sem saber que são filmados
Um dia o sol ainda vai nascer, Quadrado!...

-"Isso não prova nada, Sob pressão da opinião pública
É que não haveremos, De tomar nenhuma decisão
Vamos esperar que tudo caia, No esquecimento
Aí então! Faça-se a justiça!"


-"Estamos preparando Vossas acomodações Excelência!"
Filha da Puta! Bandido! Senhores! Corrupto! Ladrão!
Filha da Puta! Bandido! Corrupto! Ladrão! 
Filha da Puta! Bandido! Corrupto! Ladrão!

Filha da Puta! Bandido! Corrupto! Ladrão!...


0 Palpites: