domingo, 16 de maio de 2010

Lembram-se? - por: @nilsonlage

Lembram-se daquela conversar de que os empregos tinham acabado e que só restava o trabalho - isto é, sem direito a coisa alguma?
Lembram-se do racionamento de energia elétrica e apagões, numa época em que a economia estava muito menos aquecida do que hoje?
Lembram-se da tentativa de mudar o nome da Petrobrás para Petrobrax (como a Esso para Exxon) e de fatiar a empresa para vender?
Lembram-se da direção do investimento na Telebrás para infraestrutura, para vender a empresa e dar a Embratel aos EUA?
Lembram o esforço para esconder que a Embratel é uma empresa estratégica, para não evidenciar a venda como lesa-pátria?
Lembram-se do escândalo da privatização da Vale do Rio Doce pelo preço que foi, e da tantativa de vendê-la a estrangeiros?
Lembram-se da arrogância com que o péssimo sociólogo se dirigia ao povo, como um mestre-escola a criancinhas do primário?
Lembram da vaidade do homem que, na véspera de perder a eleição para prefeito de São Paulo, posou na cadeira do prefeito?
Lembram-se da ênfase com que nos venderam a globalização como algo que inevitavelmente nos tornaria a todos ultra-felizes?
Lembram da política que impedia as telefônicas de se expandir e "deixou para depois" a exploração do filé mignon dos celulares?
Lembram-se da privatização do Banespa, que desempregou, logo em seguida, 13 mil bancários, em plena época da vacas magras?
Lembram-se da Era FHC?


Nenhum comentário:

Postar um comentário