domingo, 13 de junho de 2010

Diretoria Unesp Bauru censura estudantes!


Diretoria Unesp Bauru censura estudantes!
Não bastassem as diversas proibições que já enfrentamos no campus da Unesp Bauru, como não poder realizar festas e eventos acadêmicos/culturais após as 24hs, agora temos mais uma novidade.

O diretor do GAC - Grupo Administrativo do Campus - , Roberto Deganutti (FAAC), baixou uma nova modalidade de censura. Os estudantes estão proibidos de afixar cartazes fora dos "murais oficiais", e também estão proibidos cartazes que façam alusão à bebidas alcoolicas.
A justificativa da direção do campus é que de acordo com vários programas da Universidade, que prezam por uma vida mais saudável, seria uma contradição cartazes que façam alusão ao consumo de bebidas alcoolicas.

Agora eu pergunto pra vocês. Que programas são esses? Não conhecemos um sequer. Temos um problema grave de alcoolismo por parte dos funcionários do campus, mas aí a direção NÃO dispensa nenhum programa voltado para esse público, que de fato sofre e se degrada.

Essa atitude soa higienista, primeiramente, ao proibir afixar cartazes fora dos murais. Que tipo de universidade a burocracia acadêmica pretende? Uma parecida com shoopings, com fachadas espelhadas, brancas, bem iluminadas?
Soa também como moralista, ao querer impedir a divulgação de atividades, festas, cursos, encontros de estudantes. Além de ser hipócrita, já que temos funcionários alcolistas e querem proibir cartazes com alusão à bebidas alcoolicas. Quem é tão inocente ao ponto de acreditar que um simples cartaz pode incentivar o consumo irresponsável de alcool?

Assim, os murais que deveriam ser utilizados pela comunidade acadêmica, ficam à disposição de imobiliárias e bancos, por exemplo. Proibem cartazes de festas, fora dos murais, mas não impedem empresas de divulgar serviços dentro da Universidade Pública.

Direção do campus de Bauru: justificam a proibição de cartazes com o argumento de que prezam por uma vida saudável. A concepção de saúde de vocês, nos parece em certa medida um pouco inadequada. Onde está o nosso Restaurante Universitário para nos fornecer alimentos a preços acessíveis e de boa qualidade? Onde está o RU que prevê o trabalho de um nutricionista dentro do quadro de funcionários? Por acaso, as cantinas da Unesp Bauru têm oferecido alimentos saudáveis à comunidade acadêmica? Sem falar na saúde do nosso bolso, porque pagar os valores que pagamos pelos alimentos na cantina, fazem mal a nossa "saúde financeira".

Qual é o programa que o curso de Educação Física oferece à comunidade acadêmica para incentivar a prática de exercícios? Não queremos práticas meramente competitivas, queremos verdadeira promoção de saúde! Onde está a piscina, a disposição dos alunos e demais segmentos que querem praticar exercícios? Por acaso a sala de musculação da Educação Física está a disposição? E quanto às quadras, podem ser utilizadas por todos os alunos? Não vejo programas que incentivem essa participação. Ah, por falar na Ed. Física, sabiam que a vice-diretora da FC é professora desse curso? Aliás, professora adjunta. Tanta titulação que não reflete compromisso verdadeiro com a academia!

Aliás, pensando bem, apenas os alunos de Educação Física é que podem se dizer saudáveis. Porque andar diariamente até a Praça de Esportes é o que chamamos de uma verdadeira caminhada.

Se você acha um absurdo essa atitude tomada pela direção do campus, em impedir e reprimir mais uma vez os estudantes, dessa vez na nossa comunicação e divulgação de atividades, compareça ao CEEUB amanhã, segunda-feira(14.06) às 17:30 na sala do DACEL. Fica ali ao lado do Centro de Idiomas.

Vamos discutir a repressão que os estudantes vêm enfrentando cada vez mais em seu cotidiano na universidade. Estão nos tirando cada vez mais a voz e o direito de nos expressar! Vamos contestar a Portaria do GAC que proibe a realização de atividades após as 24hs! Queremos lugares para nos agregarmos, para discutirmos, nos integramos! A Universidade é pública! O espaço é público. Vamos ocupar os espaços que querem nos tirar!

Apareçam amanhã no CEEUB para conversarmos e tirarmos atitudes em relação a mais esse absurdo!

2 comentários:

  1. Oi, Diego! Conseguiram resolver alguma coisa em relação a essas proibições? Olha, pelo que eu saiba essa proibição de não afixar cartazes em qulquer lugar do câmpus é mais antiga... É medida de Presidentes anteriores do GAC... Talvez, o atual só tenha "relembrado" a norma, que já existia. Uma questão que eu acho que deva ser discutida e cobrada do Presidente do GAC e diretores de Unidade, especialmente da FAAC e FC, são murais no pátio das Seções de Graduação... Lá, antes da reforma do espaço, havia murais onde eram afixados cartazes de divulgação de eventos, que outras universidades e instituições mandavam pra Unesp, além de vagas de estágio, emprego, informações de matrícula e inclusive cartazes com interesses dos alunos, CAs, DAs, que pediam para deixarem colocar naquele espaço, que é um local estratégico... Fora isso, concordo com a luta para acabar com essas proibições que citou em seu texto!!! Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Sil, mandei esse comentário para ele responder. Então, vamos esperar ele entrar em contato

    ResponderExcluir