domingo, 6 de junho de 2010

Estados Unidos do Fascismo e sua relação com o vizinho México

  • Senador estadunidense republicano: "I Support Deporting American Citizens Whose Parents Are Illegal Immigrants" - Rep. Duncan Hunter
"Eu apóio a deportação de cidadãos americanos cujos pais foram imigrantes ilegais"
Leia mais aqui.
  • Candidato estadunidense democrata: "I can micro-chip my dog so I can find it. Why can't I micro-chip an illegal?"
"Eu coloco micro-chip no meu cão para para poder achá-lo. Por que não posso colocar um micro-chip em um ilegal? - Dr. Bertroche
Leia mais aqui
  • Estado estadunidense: Aprobación en Tennessee de una ley que permite a las empresas exigir a sus empleados que hablen sólo inglés.
Aprovação de lei no Tennessee que permite que as empresas exijam que seus empregados só falem em inglês.
Leia mais aqui

Sabe, uma vez eu li sobre um povo que perseguiam quem eles consideravam inferiores... Não lembro onde... Acho que foi no Harry Potter, o Voldemort perseguia e matava quem não era bruxo ou quem não era puro sangue... Mas sabe não era aí que queria lembrar. Era na vida real.

Será que foi na Palestina? Na Polônia? Nos Balcãs? No Curdistão? Em todo o período escravocrata? No Tibet?

Não... num sei. Acho que nunca nenhum povo foi tão baixo assim.


Um comentário:

  1. Isso sem falar no problema da droga. A California comercia maconha para fins "medicinais". Isso alimenta grandemente o trafico de drogas via México (a maconha significa 60% do lucro dos carteis mexicanos, obviamente não é para mercado interno apenas). E os EUA se limitam a mandar mais e mais "apoio policial" e impor "tolerancia zero", levando a um numero assustador na taxa de homicidios.

    A política anti-droga dos EUA fez misérias na america latina, e é bem condizente com a "luta contra o mal" que eles adoram fazer. E o mal são os pobres, sempre.

    ResponderExcluir