segunda-feira, 19 de julho de 2010

#Eleições2010. Divulgação e estatísticas de Candidaturas

E tem início a corrida eleitoral de 2010! A temporada de caça ao seu voto está aberta! A de besteiras e bagunças também! Mas não se fosse a Mafalda...

Apesar disso tudo, não podemos nunca nos furtar de debater, discutir e estudar os candidatos de uma eleição. Muito menos com toda a facilidade atual de acesso à informação. Não sejamos os "Analfabetos Políticos" que Brecht aponta. Sejamos alfabetizados e bem alfabetizados.

A internet está em pleno vapor nessa campanha, trilha aberta pelo Democrata (leia-se do Partido Democrata) Barack Hussein Obama. São blogs e twitter oficiais, não oficiais, de partidos, de correntes, de eleitores e de muitos fakes. O terreno é fértil, principalmente pro cultivo de abobrinhas...

Mas no momento não quero comentar as abobrinhas, nem picuinhas. Vamos à Divulgação de Candidaturas:

No site do TSE já está disponível a consulta à todos candidatos à governos e câmaras estaduais e distritais e às casas do Congresso Nacional e por algum motivo que não sei, não vi nenhuma explicação ainda não à presidência.

Para conhecer os candidatos, seus dados cadastrais, suas declarações de bens, antecedentes, entre outros dados vá até o seguinte endereço: http://divulgacand2010.tse.jus.br/divulgacand2010/

Até o momento são (excetuando os cargos de presidência e vice-presidência) 21.480 candidatos, sendo:
  • 167 Governador
  • 167 Vice-Governador
  • 268 Senador
  • 266 1º Suplentes de Senador
  • 265 2º Suplentes de Senador
  • 5.765 Deputado Federal
  • 13.741 Deputado Estadual
  • 841 Deputado Distrital
Ainda nas estatísticas algumas coisas curiosas aparecem...
  • 6 candidatos (5 deputados estaduais e 1 federal) se declararam analfabetos;
  • 114 (Dep distritais, estaduais e federais, 1 governador e 3 suplentes) declararam saber ler e escrever;
  • 14,776% dos candidatos não tem Ensino Médio Completo
  • 27,384% completou o Ensino Médio


Acho direito, justo e digno qualquer pessoa se candidatar e se eleger pelo voto. Mas me preocuparia com um deputado analfabeto. Seu serviço é legislar e a legislação por diversos motivos (principalmente políticos de dominação e supremacia) tem uma linguagem rebuscada, complexa e tais pessoas deveriam ter uma assessoria de excelente confiabilidade. Mas seria ótimo se esses de baixa escolaridade se unissem realmente na luta por educação. Eles devem saber a real dificuldade de não estar incluído no processo social da escrita.

E qual a profissão desses candidatos!? Existe uma profissão que muito me espanta que é a profissão de "político". Entendo a atividade de político, mas não a profissão. São 1.089 candidatos que se declaram Deputados e 803 Vereadores. Não sei o que pensam, mas na minha opinião eles estão como Deputados e Vereadores. Pois quando acabarem seus mandatos e não forem re-eleitos eles não serão Deputados desempregados. Né?

As profissões predominantes (que tem mais de 5% dos candidatos) são:
  • Empresários - 1.842 (8,6%)
  • Advogados - 1.302 (6,1%)
  • Comerciantes - 1.095 (5,1%)
  • Deputados (!!!) - 1.089 (5,1%)
 E agora o dado que acho o mais triste e alarmante:

  • MULHERES: 4.534 - 21,1%
  • Homens: 16.950 - 78,9%
Comprovando a tese de que o Brasil ainda é um pais extremamente atrasado na igualidade de gêneros. Ainda tem uma população machista. Ainda é um país que guarda sua mulher em casa e a faz de empregada.

 Outro dia volto comentando sobre os candidatos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário