quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Marighella: Mil Faces De Um Homem Leal

Racionais MC's - Mil Faces De Um Homem Leal (Marighella) (dir. Daniel Grinspum)

O novo clipe do Racionais MC's para a música 'Mil Faces de Um Homem Leal (Marighella)', foi gravado na 'Ocupação Mauá' - conjunto habitacional considerado o 'Novo Pinheirinho' por abrigar mais de 200 famílias no Centro da cidade de São Paulo -, o vídeo faz referência à luta armada contra a Ditadura Militar no Brasil.

Com direção de Daniel Grinspum, o clipe intercala imagens históricas de protestos com cenas de Mano Brown, Ice Blue, KL Jay, Edi Rock e o convidado Dexter voltando a 1969 e invadindo a Rádio Nacional para passar uma mensagem revolucionária.

A música 'Mil Faces de Um Homem Leal', que integra a trilha sonora do documentário de Isa Grinspum Ferraz sobre o líder revolucionário Marighella, foi a primeira faixa do novo disco do Racionais a ser divulgada.O álbum tem lançamento previsto para o segundo semestre de 2012 e deve colocar um fim ao hiato de 10 anos sem novos materiais. O último trabalho do grupo, um dos mais importantes da história do rap nacional, foi o álbum 'Nada Como Um Dia Após O Outro Dia', de 2002.


A postos para o seu general
Mil faces de um homem leal (2x)

Protetor das multidões
Encarnações de célebres malandros
De cérebros brilhantes
Reuniram-se no céu
O destino de um fiel, se é o céu o que deus quer
Tô somado, é o que é, assim foi escrito
O mártir, o mito
Um maldito sonhador
Bandido da minha cor
Um novo messias
Se o povo domina ou não
Se poucos sabiam ler
E eu morrer em vão
Leso e louco sem saber
Coisas do brasil, super-herói, mulato
Defensor dos fracos, assaltante nato
Ouçam, é foto e é fato a planos cruéis
Tramam 30 fariseus contra moisés, morô
Reaja ao revés, seja alvo de inveja
Irmão, esquinas revelam a sina de um rebelde, oh meu
Que ousou lutar, amou a raça
Honrou a causa que adotou,
Aplauso é pra poucos
Revolução no brasil tem um nome
Vejam o homem
Sei que esse era um homem também
A imagem e o gesto
Lutar por amor
Indigesto como o sequestro do embaixador

O resto é flor, se tem festa eu vou
Eu peço, leia os meus versos, e o protesto é show
Presta atenção que o sucesso em excesso é cão
Que se habilita a lutar, fome grita horrível
A todo ouvido insensível que evita escutar
Acredita lutar, quanto custa ligar?
Cidade chama vida, que vais por quem ama
Clama por socorro, quem ouvirá?
Crianças, velhos e cachorros sem temor
Clara meu eterno amor, sara minhas dores
Pra não dizer que eu não falei das flores

Da bahia de são salvador brasil
Capoeira mata um mata mil, porque
Me fez hábil como um cão
Sábio como um monge
Antirreflexo de longe
Homem complexo sim
Confesso que queria
Ver davi matar golias
Nos trevos e cancelas
Becos e vielas
Guetos e favelas
Quero ver você trocar de igual
Subir os degraus, precipício
E vida difícil, povo feliz

Quem samba fica,
Quem não samba, camba
Chegou, salve geral da mansão dos bamba
Não se faz revolução sem um fura na mão
Sem justiça não há paz, há escravidão...

Revolução no brasil tem um nome...

A postos para o seu general
Mil faces de um homem leal (2x)

Marighella

Essa noite em são paulo um anjo vai morrer
Por mim, por você, por ter coragem em dizer

Nenhum comentário:

Postar um comentário