quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O baixo nível do judiciário conservador e reacionário frente a um beijo gay

Antes de tudo leia a atualização e o mea-culpa no final da postagem...

Duas semanas atrás, publiquei neste blog a postagem "O baixo nível das elites conservadoras e reacionárias frente a um beijo gay", e agora, infelizmente, sou obrigado a publicar sobre o baixo nível do judiciário.

A Justiça Eleitoral mandou retirar do ar o programa que era veiculado um beijo gay, as justificativas são patéticas, e sem sombra de dúvidas deveriam ser, afinal não há um único honesto e justo motivo para tal.

Com o "falso argumento de defender de direitos igualitários entre casais homossexuais e heterossexuais, (o partido) publicou filmagens, aparentemente emprestados de filmes pornográficos, de beijos lascivos trocados entre dois homens, entre duas mulheres e finalmente entre um homem e uma mulher durante o horário eleitoral", diz a representação. (Reportagem completa aqui


Na primeira postagem não coloquei o vídeo aqui para não soar como propagando Psolista, mas agora se faz muito necessário. E gostaria de saber aonde há lascividade no beijo veiculado. E como que alguém pode dizer que isso saiu de um vídeo pornográfico!?

É muito mais do que claro que sistema judiciário não tem nenhuma relação com justiça. E nas mãos de quem, qualquer setor judiciário está comendo.


Atualização: Olha que bobagem que fiz. Na pressa, sem entender direito as coisas fiz as ligações erradas.
Vou deixar assim pra mostrar que sou meio besta mesmo. E obrigado Silvana pelo aviso!



"As informações não batem... O vídeo que postou é do PSOL; o da reportagem, que foi proibido de ser exibido é do PSTU, de um candidato chamado Giovani Zoboli, de Blumenau e não de Joinville. Enfim, ridícula a decisão de se tirar uma propaganda do ar porque "choca a população" etc. Mas acho que não foi este vídeo o proibido... "




3 comentários:

  1. As informações não batem... O vídeo que postou é do PSOL; o da reportagem, que foi proibido de ser exibido é do PSTU, de um candidato chamado Giovani Zoboli, de Blumenau e não de Joinville. Enfim, ridícula a decisão de se tirar uma propaganda do ar porque "choca a população" etc. Mas acho que não foi este vídeo o proibido...

    ResponderExcluir
  2. Nossa que besteira que fiz.
    Obrigado pela correção Sil!

    ResponderExcluir
  3. Veja a posição do PSTU sobre o caso: http://pstublumenau.blogspot.com.br/2012/09/programa-do-pstu-provoca-ira-dos.html

    ResponderExcluir