terça-feira, 4 de setembro de 2012

Sobre preconceito e questões negras, com a palavra Racionais MC's

Sem muito pra dizer ou apresentar.
Como eles mesmo iniciam, "tenho algo a dizer e explicar pra você"
E seria muito bom que todos pudessem ouvir.


Eu tenho algo a dizer
E explicar pra você
Mas não garanto porém
Que engraçado eu serei dessa vez
Para os manos daqui
Para os manos de lá
Se você se considera um negro
Pra negro será MANO !!!
Sei que problemas você tem demais
E nem na rua não te deixam na sua
Entre madames fodidas e os racistas fardados
De cérebro atrofiado não te deixam em paz
Todos eles com medo generalizam demais
Dizem que os negros são todos iguais
Você concorda...
Se acomoda então, não se incomoda em ver
Mesmo sabendo que é foda
Prefere não se envolver
Finge não ser você
E eu pergunto por que ?
Você prefere que o outro vá se foder.

Não quero ser o Mandela
Apenas dar um exemplo
Não sei se você me entende
Mas eu lamento que
Irmãos convivam com isso naturalmente
Não proponho ódio, porém
Acho incrível que o nosso conformismo
Já esteja nesse nível
Mas Racionais, existente nunca iguais
Afrodinamicamente manter a nossa honra viva
Sabedoria de rua
O RAP mais expressiva
A juventude negra agora tem a voz ativa (Pode crer)

Pois quem gosta gosta, de Nós
Somos Nós, Nós, Nós, Nós mesmos

Precisamos de um líder de crédito popular
Como Malcom X em outros tempos foi na América
Que seja negro até os ossos, um dos nossos
E reconstrua nosso orgulho que foi feito em destroços
Nossos irmãos estão desnorteados
Entre o prazer e o dinheiro desorientados
Brigando por quase nada
Migalhas coisas banais
Prestigiando a mentira
As falas desinformado demais

Chega de festejar a desvantagem
E permitir que desgatem a nossa imagem
Descendente negro atual meu nome é Brown
Não sou complexado e tal
Apenas Racional
É a verdade mais pura
Postura definitiva
A juventude negra
Agora tem voz ativa

Pois quem gosta gosta, de Nós
Somos Nós, Nós, Nós, Nós mesmos


Mais da metade do país é negra e se esquece
Que tem acesso apenas ao resto que ele oferece
Tão pouco para tanta gente
Tanta gente
Tanta gente na mão de tão pouco
Pode crer
Geração iludida uma massa falida
De informações distorcidas
subtraídas da televisão

Fodidos estão sem nenhum propósito
Diariamente assinando o seu atestado de óbito

Pô to cansado de toda essa merda que eles mostram na televisão
Todo dia mano...não aguento mais é foda mano...

Mas onde estão
Meus semelhantes na TV
Nossos irmãos
Artistas negros de atitude e expressão?
Você se põe a perguntar por que
Eu não sou racista
Mas meu ponto de vista é que
Esse é o Brasil que eles querem que exista
Evoluído e bonito, mas sem negro no destaque
Eles te mostram é um pais que não existe
Esconde nossa raiz
Milhões de negros assistem
Engraçado que de nós eles precisam
Nosso dinheiro eles nunca descriminam
Minha pergunta que fica
Desses artistas tão famosos
Qual você se identifica ?

Então, Lecy Brandão, Moisés da Rocha,
Thaíde e Dj Hum, Ivo Meireles, Moleques de Rua e tal
E da Zona leste de São Paulo Grupo DMN.
Pode crer é isso ai.

Nossos irmãos estão desnorteados
Entre o prazer e o dinheiro desorientados
Mulheres assumem a sua exploração
Usando o termo mulata como profissão
É mal...
Modelos brancas no destaque
As negras onde estão...?
Desfilam no chão em segundo plano
Pouco original mais comercial a cada ano
O carnaval era a festa do povo
Era...mas alguns negros se venderam de novo
Brancos em cima negros em baixo
Ainda é normal natural
400 anos depois, 1992 tudo igual
Bem vindos ao Brasil colonial e tal
Precisamos de nós mesmos essa é a questão
DMN meus irmãos descrevem com perfeição então
Gostarmos de nós brigarmos por nós
Acreditarmos mais em nós
Independente de que os outros façam
Tenho orgulho de mim,um rapper em ação
Nós somos negros sim de sangue e coração
Mano IceBlue me diz

Justiça é que nos motiva a minha a sua
A nossa voz ativa

Racionais

Nenhum comentário:

Postar um comentário