sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Palavras enterradas no chão

Palavras enterradas no chão

Sair do interior
e vir morar em São Paulo,
entre tantas coisas
é perder o significado de algumas expressões.
Estação perde o brilho do sol e o aconchego do frio,
Verão, outono, inverno, primavera
já nem sei mais o que são.
Brigadeiro, armênia, consolação, república
viraram buracos, enterrados no chão.


(Henrique Castro,
São Paulo - 12/10/2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário