sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Me alegro

Queria escrever poemas
queria que um te tocasse,
                                                já que eu não posso.

Mas como te tocar,
como te alcançar, se nem
                                               a conheço.

Em minha memória,
só vão lembranças de  um
                                                sorriso,

uma esfumaçada imagem
da beleza de um,
                                              olhar.

Mas, então, sendo assim,
Eu a conheço, e portanto,
                                               me felicito e me alegro


(Henrique Castro,
São Paulo, 16/11/2013)

Nenhum comentário:

Postar um comentário